Seu navegador não suporta javascript!
Ministério Público do Estado de Mato Grosso
Página Inicial
 
Intranet
Acessar Intranet
MP na Mídia
20.10.17 10h09
Polícia prende assaltantes de residências
20.10.17 10h06
Valdir Piran se livra de tornozeleira
19.10.17 10h14
Em nota, Gaeco repudia as declarações do cabo
19.10.17 10h09
Juíza vai processar cabo da PM
19.10.17 10h04
Aniversário é lembrado com protesto e pedidos

Mais MP
Intranet
Acessar
Tamanho A A
GAZETA

Selma nega afastar promotora de ação

Quarta, 11 de outubro de 2017, 10h37

CELLY SILVA
REDAÇÃO DO GD

A juíza Selma Rosane Santos Arruda, titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, negou impedir a promotora de Justiça Ana Cristina Bardusco de atuar no processo em que o advogado Levi Machado é réu, no âmbito da operação Sodoma 3. A decisão foi proferida na última quinta-feira (5), e publicada no Diário da Justiça nesta terça-feira (10).

A exceção de suspeição foi protocolada em fevereiro deste ano, quando Levi Machado alegou que a representante do Ministério Público Estadual (MPE) não detém imparcialidade para continuar na acusação da operação Sodoma e que, por isso, a denúncia contra ele deveria ser anulada.

Conforme o réu, a parcialidade de Ana Cristina Bardusco ocorreu pelo fato de deixar de oferecer denúncia contra o colaborador premiado Filinto Muller, supostamente por amizade ou afinidade, o que seria um atentado contra os princípios da disponibilidade e obrigatoriedade da ação penal e, por outro lado, denunciar Levi Machado como forma de retaliação à queixacrime formulada por ele contra a promotora, acusando-a de abuso de autoridade.

A promotora de Justiça, por sua vez, rebateu as alegações de Levi Machado apontando fragilidade nos argumentos apresentados por ele e pela ausência de suporte fático-jurídico, referindo-se ao pedido de suspeição como protelatório e infundado, caracterizando- se como litigância de má-fé.

Em sua decisão, a magistrada reconheceu a tempestividade do requerimento, uma vez que impetrado na primeira oportunidade que coube ao réu se manifestar nos autos, após o recebimento da denúncia. Contudo, sem adentrar no mérito, Selma Arruda destacou que a exceção de suspeição não merecia ser conhecida.

 
Compartilhe nas redes sociais
e-mail facebook twitter


Confira também:
20.10.17 10h09 » Polícia prende assaltantes de residências
20.10.17 10h06 » Valdir Piran se livra de tornozeleira
19.10.17 10h14 » Em nota, Gaeco repudia as declarações do cabo
19.10.17 10h09 » Juíza vai processar cabo da PM
19.10.17 10h04 » Aniversário é lembrado com protesto e pedidos
17.10.17 10h43 » Justiça bloqueia bens de Luciane Bezerra
17.10.17 10h40 » MP vai investigar irregularidades
11.10.17 10h37 » Selma nega afastar promotora de ação
11.10.17 10h34 » Documentos contradizem delação de Nadaf
10.10.17 13h18 » MPE denuncia Luciane por fraudes
10.10.17 13h15 » Justiça proíbe tráfego de caminhões
09.10.17 11h10 » MP veta Dutra só para o futebol
09.10.17 11h07 » MP vai analisar improbidade
09.10.17 11h01 » Membros do CV já respondem a 9 ações penais
06.10.17 10h37 » Órgãos analisam impacto da LOA





youtube facebook facebook RSS







Galeria de Fotos
Mais Fotos
Entrevistas
Entrevistas
Buscar
Agenda e Eventos
Curso - Efetividade e Atuação Resolutiva do Ministério Público
Data: 19.10.2017 - 20.10.2017
Informações: (65) 3613-5144
Mais Agenda

Defender o regime democrático, a ordem jurídica e os interesses sociais e individuais indisponíveis, buscando a justiça social e o pleno exercício da cidadania.

» A Instituição » Teclas de Atalho » Corregedoria-Geral
» Acessibilidade » Projetos » Controle Interno
» Concursos » Departamentos » Gestão Ambiental - MP Sustentável
» Legislação » Licitações » Links
» Lotacionograma » Notícias » Órgãos Auxiliares
» Planejamento Estratégico » Portal Transparência » Procuradorias de Justiça Especializadas
» Publicações DOE » Todos Contra as Drogas » Terceiro Setor

Procuradoria Geral de Justiça

Rua Quatro, s/nº

Centro Politico e Administrativo - Cuiabá/MT

CEP: 78049-921

Fone: (65) 3613-5100


Sede das Promotorias de Justiça da Capital

Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira Mendes, s/nº

Setor D - Centro Politico e Administrativo - Cuiabá/MT

CEP: 78049-928

Fone: (65) 3611-0600

Horário de atendimento ao público externo e protocolo: 08h às 18h

Ministério Público do Estado de Mato Grosso - Procuradoria Geral de Justiça