Seu navegador não suporta javascript!
Ministério Público do Estado de Mato Grosso
Página Inicial
 
Intranet
Acessar Intranet
MP na Mídia
23.11.17 10h42
Operação apreende 6 aeronaves agrícolas
23.11.17 10h38
8 aeronaves são interditadas em MT
22.11.17 09h52
MP pede alterações na concessão de incentivos fiscais no Estado
31.10.17 13h17
MP investiga gastos com fardamentos
31.10.17 13h14
MP marca audiência para resolver problema de som alto

Mais MP
Intranet
Acessar
Tamanho A A
DIÁRIO DE CUIABÁ

Em nota, Gaeco repudia as declarações do cabo

Quinta, 19 de outubro de 2017, 10h14

Da Reportagem

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Mato Grosso (MPE) repudiou às declarações do cabo da PM Gerson Correa que acusou o ex-coordenador do Gaeco, Marco Aurélio, de ter solicitado uma "estória cobertura" para investigar o ex-deputado José Riva e o ex-governador Silval Barbosa (PMDB). Por meio de nota, o Gaeco disse que "repudia qualquer tentativa de envolvimento de Promotores de Justiça que integram ou integraram o Grupo no escândalo dos grampos.", afirma a nota.

"Em respeito à decisão do Ministro Mauro Campbell Marques, proferida no dia 11/10 e amplamente divulgada, avocando as investigações para Superior Tribunal de Justiça, se limita a afirmar que o procedimento adotado quanto à proteção da integridade física e da vida da magistrada Selma Rosane Santos Arruda, uma das protagonistas no enfrentamento à criminalidade organizada deste Estado, fora cumprido com total respeito à lei", complementa a lei.

O Gaeco também disse que "estranhou" o depoimento do cabo Gerson após "a decisão do STJ, requisitando toda a investigação", diz outro trecho. Apesar desta declaração, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos, só foi oficialmente notificado da decisão do STJ depois das 16 horas da última segunda-feira (16).

Conforme o Diário apurou, assim que recebeu a notificação, o TJ solicitou do desembargador Orlando Perri e dos delegados Ana Crsitina Feldner e Flávio Henrique Stringueta, que devolvessem todos os processos investigatórios. Acontece que Feldner e Stringueta só foram notificados às 19h54, enquanto o depoimento do cabo Gerson Correa tinha se encerrado às 19h25. Todos os ofícios e notificações foram remetidos juntos com os processos ao STJ. (PR)

 
Compartilhe nas redes sociais
e-mail facebook twitter


Confira também:
23.11.17 10h42 » Operação apreende 6 aeronaves agrícolas
23.11.17 10h38 » 8 aeronaves são interditadas em MT
22.11.17 09h52 » MP pede alterações na concessão de incentivos fiscais no Estado
31.10.17 13h17 » MP investiga gastos com fardamentos
31.10.17 13h14 » MP marca audiência para resolver problema de som alto
20.10.17 10h09 » Polícia prende assaltantes de residências
20.10.17 10h06 » Valdir Piran se livra de tornozeleira
19.10.17 10h14 » Em nota, Gaeco repudia as declarações do cabo
19.10.17 10h09 » Juíza vai processar cabo da PM
19.10.17 10h04 » Aniversário é lembrado com protesto e pedidos
17.10.17 10h43 » Justiça bloqueia bens de Luciane Bezerra
17.10.17 10h40 » MP vai investigar irregularidades
11.10.17 10h37 » Selma nega afastar promotora de ação
11.10.17 10h34 » Documentos contradizem delação de Nadaf
10.10.17 13h18 » MPE denuncia Luciane por fraudes





youtube facebook facebook RSS








Galeria de Fotos
Mais Fotos
Entrevistas
Entrevistas
Buscar
Agenda e Eventos
Encontro Estadual do Ministério Público e Movimentos Sociais
Data: 30.11.2017
Informações: (65) 3613-5282
Regularização Fundiária Urbana: quadro atual e perspectivas a partir da Lei 13.465/2017
Data: 30.11.2017 - 01.12.2017
Informações: (65) 3613-5285
I Mostra Estudantil de Teatro
Data: 05.12.2017
Informações: (66) 3401-5276
Mais Agenda

Defender o regime democrático, a ordem jurídica e os interesses sociais e individuais indisponíveis, buscando a justiça social e o pleno exercício da cidadania.

» A Instituição » Teclas de Atalho » Corregedoria-Geral
» Acessibilidade » Projetos » Controle Interno
» Concursos » Departamentos » Gestão Ambiental - MP Sustentável
» Legislação » Licitações » Links
» Lotacionograma » Notícias » Órgãos Auxiliares
» Planejamento Estratégico » Portal Transparência » Procuradorias de Justiça Especializadas
» Publicações DOE » Todos Contra as Drogas » Terceiro Setor

Procuradoria Geral de Justiça

Rua Quatro, s/nº

Centro Politico e Administrativo - Cuiabá/MT

CEP: 78049-921

Fone: (65) 3613-5100


Sede das Promotorias de Justiça da Capital

Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira Mendes, s/nº

Setor D - Centro Politico e Administrativo - Cuiabá/MT

CEP: 78049-928

Fone: (65) 3611-0600

Horário de atendimento ao público externo e protocolo: 08h às 18h

Ministério Público do Estado de Mato Grosso - Procuradoria Geral de Justiça