Ministério Publico do Estado de Mato Grosso

VIDEOCONFERÊNCIA

Mato Grosso capacita equipe do Paraná para usar sistema do projeto Água para o Futuro

por ANA LUÍZA ANACHE

terça-feira, 09 de abril de 2019, 14h23

Uma videoconferência reuniu as equipes do projeto Água para o Futuro de Mato Grosso e do Paraná, a fim de capacitar membros e servidores da região sul para utilizar o sistema que alimenta o aplicativo. O treinamento foi ministrado pelo desenvolvedor da versão 4.0.0 do aplicativo, Wesley Ramalho, acompanhado pelo promotor de Justiça da 17ª Promotoria de Defesa Ambiental, da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural, Gerson Natalício Barbosa, e pela assistente ministerial do projeto Viviane Ritter, dia 5 de abril.

Paraná é o primeiro estado do país a implantar a ferramenta digital dentre os 20 que aderiram ao termo de cooperação técnica que disponibiliza o aplicativo para outras unidades federativas. “Eles estão bem adiantados. Na videoconferência pudemos esclarecer algumas dúvidas em relação ao convênio e procedimentos. Como disse ao promotor de Justiça Alexandre Gaio, coordenador do Centro de Apoio Operacional (CAO) do Paraná, o procedimento operacional que criamos ao longo de três anos do projeto será bastante útil para eles”, contou o promotor de Justiça Gerson Barbosa, lembrando que Mato Grosso foi pioneiro na iniciativa.

O aplicativo do projeto Água para o Futuro está disponível nas plataformas iOS, Android e Windows Phone, já com informações dos dois estados. Nele, constam as mais de 240 nascentes identificadas e catalogadas em Mato Grosso, bem como as 105 nascentes encontradas em Curitiba. “Aproveitamos esse contato para contar a experiência vivida em Jaciara, município a 144km de Cuiabá, onde em uma semana conseguimos identificar 43 nascentes”, destacou Gerson Barbosa.

Segundo o técnico Wesley Ramalho, as nascentes do Paraná foram catalogadas pela equipe local e inseridas na plataforma pelos servidores do Ministério Público de Mato Grosso. “A partir de agora, com a capacitação, eles poderão dar andamento na utilização do sistema”, defendeu. Também participaram da videoconferência os servidores paranaenses Lucas Cavassim, Letícia Storrer, Alberto Vellozo Machado, Gabriel Felipe Moretti e Laura Esmanhoto Bertol, integrantes da equipe técnica do projeto no Paraná.

Leia também:

Aplicativo ganha nova versão e passa a ser utilizado por 20 unidades do Ministério Público Brasileiro 

Projeto pioneiro do MPMT realiza mapeamento de nascentes no Distrito Federal 

Ministérios Públicos de 17 estados assinam acordo de adesão para o uso do aplicativo “Água para o Futuro”
 

Compartilhe nas redes sociais
facebook twitter
topo